Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2007

Os 9 (nove) estilos de Carlos Drummond

Imagem
Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) foi o escritor mais extraordinário da literatura brasileira. Sua obra atravessou todo o período modernista (produziu de 1922 até meados de 80); não fez só poesia, destacou-se também em Prosa conquistando o título de um dos melhores cronistas da litertura brasileira.
Nos principais vestibulares o que mais é cobrado acerca de Drummond é a sua poesia. Muitas são as obras (originais ou antológicas) que os vestibulandos têm de ler e interpretar para as provas. O próprio Poeta, talvez já imaginando a angústia dos estudantes, classificou sua obra poética em 9 (nove) temas fundamentais. Entre aspas, anotações de Drumond:

1. o indivíduo: "um eu todo retorcido";
2. a terra natal: "uma província: esta";
3. a família: "a família que me dei";
4. amigos: "cantar de amigos";
5. o choque social: "na praça de convites";
6. o conhecimento amoroso: "amar-amaro";
7. a própria poesia: "poesia contempla…

Como Ler?

Não existe fórmula para a prática da leitura. O melhor caminho sempre foi "ler bem para ler melhor", mas vez ou outra encontro alguns "esclarecimentos" que auxiliam muita gente com dificuldade de fazer leitura aplicada (aquela em que o leitor interage com o texto); uma leitura profunda que abre as portas da compreensão de mundo. Apraveitem estas informações que encontrei no blog do Thiago Ferreira. Elas podem auxiliar.
Boa leitura!

1º - Ler com objetivo determinado, isto é ter uma finalidade. Saber por que se está lendo;

2° - Ler unidades de pensamento e não palavras por palavras. Relacionar idéias;

3º - Ajustar a velocidade (ritmo) da leitura ao assunto, tema e/ou texto que está lendo;

4º - Avaliar o que se está lendo, perguntando pelo sentido, identificando a idéia central e seus fundamentos;

5º - Aprimorar o vocabulário esclarecendo termos e palavras “novas”. O dicionário é um recurso significativo. No entanto, palavras-chave, analisadas no contexto do própri…