Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2008

10 erros fatais em uma entrevista de emprego

"Vamos sair, mas não temos mais dinheiro
os meus amigos estão procurando emprego..."
Renato Russo, in Teatro dos Vampiros, cd V (não lembro a faixa)


Uma situação difícil para qualquer um que está sem emprego: a entrevista.
Mãos suadas, palpitações, boca seca, dificuldade de elaborar as frases mais fáceis e aí vai. Muitos jovens que terminam o Ensino Médio, antes de se preocuparem com a Universidade, são obrigados (por questões financeiras mesmo) a buscar um ocupação rentável para poder cobrir as despesas da faculdade. Desde a mensalidade (se acaso for particular) até transporte e xérox... muita xérox!!!

Se o perfil acima se enquadra aproximado ou total com o seu, saiba que a Universia, site dedicado à preparação universitária e profissional, apresenta um artigo com os 10 erros fatais ao se fazer uma entrevista. Palavra de quem entende, vale a pena saber.


1. Chegar atrasado "Chegar atrasado numa entrevista, além de desorganização, demonstra que o candidato não está dando o devi…

Bibliotecas Virtuais

O que é mais rápido: procurar uma obra literária na biblioteca ou encontrá-la na Net?
Garanto que a resposta foi unânime, porém a questão é: em que "site" encontrar. O Portal de Educação Corporativa pensou nisso e relacionou as melhores bibliotecas virtuais na rede onde estão disponíveis para baixar obras e textos valiosos para alunos e profissionais de diversas áreas. Vale a pena, pois muitos livros são difíceis de encontrar em algumas bibliotecas e livrarias.
Alguns sites como o Domínio Público, Biblioteca Virtual do Estudante Brasileiro e o Virtual Book Store já são conhecidos de alguns professores multimídia e alunos que se preparam para provas do ENEM, PAS e vestibulares de grandes Faculdades. A lista ainda contém "links" para sites estrangeiros para aqueles que dominam uma outra língua além do português.

Boa pesquisa!
Listagem das bibliotecas virtuais



Fonte: http://www.educor.desenvolvimento.gov.br/index.htm

Dicas para escrever bem - Aprendendo redação

Mais uma de humor e conhecimento. As 30 dicas abaixo são verdadeiras, disso não se tem dúvidas. Agora quero que preste a atenção e veja que há incoerências em cada uma. Seu desafio é descobrir de qual incoerência se trata. A brincadeira já caiu até em prova da FUVEST. Muitos vestibulares estão, já há algum tempo, preferindo conhecimento lingüístico à gramática. Estas dicas são do Excelente site Perguntas cretinas.

Delicie-se!
1. Deve evitar ao máx. a utiliz. de abrev., etc. 2. É desnecessário fazer-se empregar de um estilo de escrita demasiadamente rebuscado. Tal prática advém de esmero excessivo que raia o exibicionismo narcisístico. 3. Anule aliterações altamente abusivas. 4. não esqueça as maiúsculas no início das frases. 5. Evite lugares-comuns como o diabo foge da cruz. 6. O uso de parêntesis (mesmo quando for relevante) é desnecessário. 7. Estrangeirismos estão out; palavras de origem portuguesa estão in.......

Confira o restante do artigo!

Do Trovadorismo ao Modernismo

Os estilos literários com contexto histórico, características e textos para estudo podem ser encontrados no site do professor Gaudez. Uma visão completa das escolas em formato de tópicos bem esclarecidos. Um prato cheio para o vestibulando.


Clique para ver as escolas literárias.

Guia dos curiosos - Línguas.

São muitas as línguas pelo mundo. Além das tão famosas conhecidas há outras menos e exóticas e há também os dialetos. Há línguas consideradas "mortas" e outras bem ativas. E pelo efeito da globalização essas linguas ainda vão ter inúmeras transformações. Por enquanto posto essas curiosidades sobre as línguas que se encontram no site Guia dos curiosos.
Existem mais de 2.700 línguas e outros 7 mil dialetos no mundo. Dialeto é uma variação regional da língua, com diferentes pronúncias, vocabulário ou significado.A Somália é o único país africano em que toda a população fala apenas uma língua, o somali. Existem mais de mil línguas na África.Uma das línguas consideradas mais difíceis é o basco, falado nos Países Bascos, na Espanha. Ela não tem relação com nenhuma outra língua do mundo e sua estrutura gramatical é bastante complicada.Os dez idiomas mais falados do mundo atualmente são chinês, inglês, hindu, russo, espanhol, japonês, alemão, indonésio, português e francês.O chinês é…

10 dicas para utilizar sua agenda.

Bom, se você é daqueles que utilizam as "agendas on-line" como a do google agenda, então desconsiderem essa postagem. Agora, se você depende das anotações de seus compromissos, pensamentos, datas especiais, rabiscos subjetivos daqueles que só você entende em agendas "de celulose" então vai aí a dica de Chistian Barbosa. O rapaz é "especialista em produtividade pessoal e empresarial".
1 – Tenha apenas 1 agenda. Você não tem duas vidas, logo não precisa ter duas agendas. Uma agenda bem utilizada é o suficiente para você, qualquer quantidade que exceda isso é desperdiçar tempo além de distribuir suas atividades.
2 – Centralize suas informações. Se você tem uma agenda é para usar! Guardar tudo na memória pode ser muito perigoso e um gerador de urgências desnecessárias. Literalmente “descarregue” tudo que tiver para fazer em sua agenda. Centralize todas as suas atividades na agenda. Se alguém te pedir algo, anote! Se lembrar de algo, anote! Sua agenda deve ser o l…

Principais regras de ortografia

Tenho assistido aquele campeonato de "soletrar" palavras da língua portuguesa na TV e percebi que os "deslizes" dos alunos são os comuns a todos os falantes do Português. Vale a intenção, sim, promover concursos. Sei que não é fácil escrever "certo" sem leitura (...) Concordo que deve-se, principalmente lê-las (nos livros, jornais, revistas, etc) e assimilá-las; o conhecimento das regras ajuda, mas não tem utilidade sem a prática da leitura.

Pasquale e Ulisses Infante em "Gramática da Língua Portuguesa", Scipione, trazem (opinião minha) as orientações mais sucintas das Gramáticas que conheço. Confira.


Estude as principais regras de ortografia

Fonte: http://www.mundovestibular.com.br/

Línguas Indo-Européias

Algumas línguas que apresentam semelhanças na fonética e na morfologia são agrupadas em famílias. Diz-se que todas elas se desenvolveram a partir deu uma língua comum ou principal (proto-língua) Uma dessas famílias é a do tronco indo-europeu da qual pertencem sete das dez mais faladas do globo (inglês, hindi, espanhol, russo, bengali, português e alemão). A difusão do "dito" tronco foi motivada pelas colonizações que se deram em meados do século XV.
Línguas que fazem parte do tronco indo-europeu: o grego, o latim, o céltico, o germânico, o eslavo, o báltico, o albanês, e o armênio.


Segue abaixo cada língua originada de suas ramificações
Grego => grego moderno;
Latim => português, francês, espanhol, italiano, provençal, romeno, reto-românico, sardo e dalmático (extinto);
Céltico => gaulês, britânico, gaélico (Irlanda) e o bretão;
Germânico => gótico (extinta), nórdico (islandês, norueguês, sueco e dinamarquês) e ocidental (alemão moderno, holandês), frisão (norte …

Vícios de Linguagem

Os Vícios de Linguagem devem ser evitados na fala e escrita formal. Em alguns casos entende-se que há a completa falta de noção da gramática, em outros, a própria dificuldade de expressão. Em todo caso, confira e veja quais são o principais vícios e, quem sabe, quais os que cometeu (foi mal). Os principais vícios de linguagem são:
BarbarismoAnfibologia ou AmbigüidadeCacofoniaEcoArcaísmoVulgarismoEstrangeirismoSolecismoObscuridadeNelogismoPreciosismoPleonasmo
BARBARISMO: Uso de uma palavra errada nos seus aspectos: gráfico, ortoépico, prosódico, semântico, morfológico ou mórfico. grafia: proesa em vez de proeza;pronúncia: incrustrar em vez de incustar;morfologia: cidadões em vez de cidadãos;semântica: Ele comprimentou o tio (em vez de cumprimentou). AMBIGÜIDADE OU ANFIBOLOGIA: Uso de palavras com duplo sentido na sua interpretação. A mãe encontrou o filho em seu quarto." (No quarto da mãe ou do filho?)"Como vai a cachorra da sua mãe?" (Que cachorra? a mãe ou a cadela criada …

Conectivos.

Conectivos estabelecem conexão entre palavras ou orações. Seu bom uso dará ao felizardo estudioso o poder de fazer um texto com "clareza" (textos com clareza dizem exatamente o que o autor está querendo expressar) , também está valendo para a língua falada, mas cuidado com o abuso!
Os conectivos dividem-se em duas classes: coordenativos e subordinativos. Os primeiros ligam orações coordenadas, as últimas ligam subordinadas. Para quem já se esqueceu do que se trata tais orações, já vai a dica: Coordenadas: orações sem função sintática entre si; Subordinadas: orações com função sintática entre si (pode ser uma oração fazendo papel de sujeito ou objeto direto da outra; ou adjunto adverbial de tempo, por aí vai. Cadê a Gramática?) Quadro dos conectivos Coordenativos Conjunções coordenativas a. aditivas: e b. adversativas: mas c. alternativas: ou d. conclusivas: logo e. explicativas: pois Subordinativos Conjunções adverbiais a. causais: porque b. comparativas: como c. concessivas: emb…