Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2008

Aprenda definitivamente a usar a vírgula com 4 regras simples

Do excelente: http://www.portuguesfacil.net/


A vírgula é um dos elementos que causam mais confusão na língua portuguesa. Pouca gente sabe ao certo onde deve e onde não deve usá-la. O motivo disso é bem simples: sempre nos ensinaram do jeito errado!
Você deve lembrar da sua professora falando coisas como “a vírgula é usada para indicar pausa”, “prestem atenção em como vocês falam, quando tiver pausa, usem vírgula”. Isso é besteira, pois cada um de nós fala de um jeito diferente, usa pausas diferentes e, basicamente, decide como quer falar.
Mas não podemos simplesmente decidir onde vai e onde não vai vírgula. Ela tem poder demais para ser arbitrária. Quer ver o poder da vírgula? Assista esse vídeo:
Viu como a vírgula é importante?
Pois bem, existem algumas regras para o uso da vírgula, e elas são baseadas na gramática. Deu medo, né? Calma, o meu objetivo aqui é mastigar a gramática pra que você não estrague seus dentes ;-)
1. Use a vírgula para separar elementos que você poderia listarVeja e…

Pérolas do ENEM - 2008

Já virou tradição, pois "pimenta no olho do outro é refresco"
Todos os anos aparecem tais pérolas que alunos despreparados, ou quem sabe, para aparecer mesmo, nos presenteiam. Essas vieram por E-mail
Divirtam-se! A não ser que identifiquem abaixo o seu texto...


01) “o problema da amazônia tem uma percussão mundial. Várias Ongs já se estalaram na floresta.”
02) “A amazônia é explorada de forma piedosa.”
03) “Vamos nos unir juntos de mãos dadas para salvar o planeta.”
04) “A floresta tá ali paradinha no lugar dela e vem o homem e créu.”
05) “Tem que destruir os destruidores por que o destruimento salva a floresta.”
06) “O grande excesso de desmatamento exagerado é a causa da devastação.”
07) “Espero que o desmatamento seja instinto.”
08) “A floresta está cheia de animais já extintos. Tem que parar de desmatar para que os animais que estão extintos possam se reproduzirem e aumentarem seu número respirando um ar mais limpo.”
09) “A emoção de poluentes atmosféricos aquece a florest…

Advinhações

A língua portuguesa pode nos proporcionar humor de diversas formas. Uma delas é o jogo de palavras, em que por semelhança um signo pode nos remeter um outro dando um tom engraçado. Às vezes tem-se que forçar trocando fonemas, acentuações ou enunciando de outra forma, mas está valendo. O que importa é que o humor saia. Abaixo algumas adivinhas


Você sabe qual é o sonho de toda a cobra?
Resposta: SERpente

Como as baratas se comunicam?
Resposta: Via EMBARATEL

Porque um gato não pode virar estrela?
Resposta: Porque astronoMIA

Porque dizem que a farinha é pura?
Resposta: Porque o TRIGONOMETrIA!!!!!!

Porque não é bom colocar o quibe no frízer?
Resposta: Porque lá dentro o quibe ESFIRRA.

Qual é a parte do carro que se originou no Egito antigo?
Resposta: Os faraóis

Como se faz para uma transformar um giz num cobra?
Resposta: É só colocar o giz nun copo de água que o GIZBÓIA.

Fonte: Do excelente http://www.contaoutra.com.br

Epitáfios

A literatura ultrapassou as barreiras das edições de papeis e chegou ao Cemitério(!!??) Os epitáfios, (do Latim epitaphiu e do Grego epitáphion =inscrição tumular) concorre com certas literaridades muito interessantes. Tais frases, curtas, denunciam um númerosos detalhes de quem se foi ou de quem ficou. Quando a autoria é do próprio morto, o estudo é mais interessante. O defunto escritor, em própria homenagem póstuma se justifica dos bem feitos ou mal feitos que praticou em vida; o que diria mesmo a personagem Brás Cubas, de Machado de Assis?
Do livro "Grave humour" (Humor na tumba), de Thomas Hall, temos os seguintes epitáfios:


Aqui jaz um ateu completamente vestido para não ir a lugar algum.
Em um cemitério de Thurmont, Maryland

No início eu não era, depois passei a ser, agora novamente não sou.
Na lápide de Arthur Homan, em um cemitério de Cleveland, Ohio

Debaixo dessa pedra descansa o tio Peter, que em princípios de maio despiu suas ceroulas.
Em um cemitério de Edim…

O Rio de Janeiro já está se preparando para copa 2014!

Imagem
Este é um tipo de humor clássico em que expressões em Português são traduzidas ao pé da letra ou equivalente para o Inglês. Sabemos que os nomes de lugar raramente são traduzidos, a orientação espacial constitui-se na referência do lugar mesmo de origem.
Estas são ótimas!


Fonte: www.irmaosbrain.com

Ditados populares corrigidos

By Bucomania

Retirados do livro "Nossa Língua Portuguesa" do Profº Pasquale Cipro Neto.

No popular se diz: 'Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho carpinteiro'
Correto: 'Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho no corpo inteiro'
EU NÃO SABIA. E VOCÊ?

Batatinha quando nasce, esparrama pelo chão.'
Enquanto o correto é: ' Batatinha quando nasce, espalha a rama pelo chão.'

'Cor de burro quando foge.'
O correto é: 'Corro de burro quando foge!'

Outro que no popular todo mundo erra:
'Quem tem boca vai a Roma.'
O correto é:'Quem tem boca vaia Roma.' (isso mesmo, do verbo vaiar).

Outro que todo mundo diz errado,
'Cuspido e escarrado' - quando alguém quer dizer que é muito parecido com outra pessoa.
O correto é: 'Esculpido em Carrara.' (Carrara é um tipo de mármore)

Mais um famoso... 'Quem não tem cão, caça com gato.'
O correto é:
'Quem não tem cão, caça como gato... ou seja, sozinho!'…