Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2008

Os 25 autores mais admirados do Brasil - Recanto das Palavras

Em um dos meus blogs preferidos, Recanto das Palavras, está disponível o Ranking dos 25 autores mais admirados do Brasil. A pesquisa Retrato da Leitura no Brasil foi feita pelo Instituto Pró-livro e coordenado pelo Observatório do Livro e da Leitura. A execução da pesquisa ficou por conta do Ibope - inteligência. Há de convir que há muitas vertentes o que vem a concluir que pessoas de gostos literários diversos foram entrevistados. Autores mais admirados
1 – Monteiro Lobato
2 – Paulo Coelho
3 – Jorge Amado
4 – Machado de Assis
5 – Vinícius de Moraes
6 – Cecília Meireles
7 – Carlos Drummond de Andrade
8 – Érico Veríssimo
9 – José de Alencar
10 – Maurício de Sousa
11 – Mário Quintana
12 – Ruth Rocha
13 – Zibia Gasparetto
14 – Manuel Bandeira
15 – Ziraldo
16 – Chico Xavier
17 – Augusto Cury
18 – Ariano Suassuna
19 – Paulo Freire
20 – Edir Macedo
21 – Castro Alves
22 – Graciliano Ramos
23 – Fernando Pessoa
24 – Rachel de Queiroz
25 – Luis Fernando Veríssimoa pesquisa pode ser baixada aqui Fonte (riquíssima): http…

Dicas de Redação - Por Cíntia Barreto

No site de Cíntia Barreto, a professora dá algumas dicas para os preocupados com a redação no vestibular. Vale a pena conferir tais dicas, pois tranquilizam o vestibulando na hora da redação.
Muita atenção e boa sorte!

Dicas
Numa redação dissertativa-argumentativa, não use a 1ª pessoa do singular (Eu). Prefira usar os verbos na 3ª pessoa do singular (Compreende-se ..., percebe-se ...).Em cada parágrafo, procure elaborar de dois a três períodos. Não faça períodos longos nem curtos.Não use gírias nem provérbios.Não use etc. nem reticências.Use anáforas, catáforas, hiperônimos, hipônimos, perífrases e antonomásias para atribuir coesão a seu texto. Ao escrevermos um texto, utilizamo-nos de vários elementos de referenciação como: pronomes pessoais, possessivos, demonstrativos, indefinidos, assim como apostos, hiperônimos (palavras de idéias gerais – "instrumentos", "ferramentas", ...), hipônimos (palavras de idéias restritas – "violão", "martelo", ...),…

Tipos de redação e interpretação textual - por Cíntia Barreto

DissertaçãoNarraçãoDescriçãoÉ o tipo de composição na qual expomos idéias gerais, seguidas da apresentação de argumentos que as comprovem.É a modalidade de redação na qual contamos um ou mais fatos que ocorreram em determinado tempo e lugar, envolvendo certos personagens.É o tipo de redação na qual se apontam as características que compõem um determinado objeto, pessoa, ambiente ou paisagem.

Existem três formas básicas de redação: descrição, narração e dissertação. É importante que você consiga perceber a diferença entre elas.

Veja, agora, três exemplos:

DISSERTAÇÃO
A procura por cursos e escolas de boa qualidade tem aumentado significativamente. Os altos índices de desemprego, no país, são fatores predominantes para que os pais, mais atentos a essa realidade, busquem, na educação, minimizar as dificuldades existentes.

NARRAÇÃO
" — E gente enferruja?
Raul nem estava conseguindo dormir, de tanto repensar. Mil perguntas na cabeça.
— Será que é bolor? Pode ser... É meio azulado.
Mas n…