Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2008

Reforma Ortográfica aprovada!

Em 1990 os países ( Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Cabo Verde e Timor Leste) falantes da língua portuguesa se reuniram para discutir uma Reforma Ortográfica. Mas agora é para valer, segundo o MEC - Ministério da Educação e Cultura, até 2009 a novas regras estarão solidificadas.

Mas quais são as mudanças que esta Reforma acarretará em nossa língua? Lembrando que ela será feita também nos outros países de língua portuguesa.


Veja quais as principais mudanças na ortografia:

Fim do trema
O acento é totalmente eliminado. Assim, a palavra freqüente passa a ser escrita frequente.

Eliminação de acentos em ditongos
Acaba-se o acento nos ditongos “ei” paroxítonas. Assim, idéia vira ideia.
O acento circunflexo quando dois “os” ficam juntos também some. Assim, vôo vira voo.

Cai o acento diferencial
Aquele acento que diferenciava palavras homônimas de significados diferentes acaba. Assim, pára do verbo parar vai ficar apenas para.

Mudanças nos hifens
Sai a maioria do…

Como sair bem no ENEM - Por André Gazola

Imagem
Não é difícil de entender que o ENEM tem características que ultrapassam as tipologias comuns de outras provas. Sabe-se que é construído nos mais modernos preceitos educacionais: inteligências múltiplas, interdisciplinariedade, temas transversais da educação, cultura geral, ócio criativo etc. Por esse motivo alguns companheiros alunos se equivocam em estudar as matérias escolares de forma sistemática, inflexível. Então o resultado não sai como um dos melhores. No site Lendo.org, André Gazola dá as "dicas" para se tornar um pontuador exímio nas provas.
Segue conforme sua postagem:
Ir bem no ENEM e acertar tudo é fácil: se você sabe pensar — coisa que geralmente a escola não ensina — só precisa demonstrar que possui as seguintes competências: Domina linguagens - Você precisa saber expressar seu pensamento de uma forma clara. Se você domina a norma culta da língua portuguesa e faz bom uso da linguagem matemática, artística e científica, está feito;Compreende fenômenos - Um fenôme…

110 Livros que você não pode deixar de ter em sua biblioteca - por Jorge Alberto

O site Recanto das Palavras, de Jorge Alberto me surpreende mais a cada dia. As informações tem um ótimo nível dentro de um padrão sucinto (dentro dessa globalização recheada de informações, quanto mais eficazes as informações com menos tempo de leitura melhor). Atenção! a listagem conserva aspectos singulares de quem fez a pesquisa a ponto de, talvez, não suprimir a espectativa de todos. Os internautas que amam pesquisar sobre língua portuguesa devem obrigatoriamente tê-lo nos favoritos ou assinar o seu feed. Aí vai a lista. CLÁSSICOS Ilíada e Odisséia – Homero
Torres de Barchester, As (The Barchester Chronicles)– Anthony Trollope
Orgulho e Preconceito (Pride and Prejudice) – Jane Austen
Viagens de Gulliver (Gulliver’s Travels) - Jonathan Swift
Jane Eyre (Jane Eyre) –Charlotte Brontë
Guerra e Paz (War and Peace) – Leon Tolstoi
David Copperfield (David Copperfield) – Charles Dickens
Vanit Fair – William Makepeace Thackray
Madame Bovary (Madame Bovary) – Gustave Flaubert
Middlemarch – George ElliotP…

Uma vírgula muda tudo

Recebi um E-mail muito divertido relacionado a colocação da vírgula e a mudança de sentido da frase. Além se ser um momento lúdico também o é de aprendizado, pois em um texto a vírgula pode nos comprometer imensamente.
A origem desse texto está relacionada a campanha dos 100 anos da ABI -Associação Brasileira de Imprensa


Divirtam-se aprendendo!

A vírgula pode ser uma pausa... ou não.
Não, espere.
Não espere.

Ela pode sumir com seu dinheiro.
23,4.
2,34.

Pode ser autoritária.
Aceito, obrigado.
Aceito obrigado.

Pode criar heróis.
Isso só, ele resolve.
Isso, só ele resolve.

E vilões.
Esse, juiz, é corrupto.
Esse juiz é corrupto.

Ela pode ser a solução.
Vamos perder, nada foi resolvido.
Vamos perder nada, foi resolvido.

A vírgula muda uma opinião.
Não queremos saber.
Não, queremos saber.

Uma vírgula muda tudo. Para que ninguém mude uma vírgula da sua informação. Agora coloque duas vírgulas e um ponto, para que a frase a seguir tenha sentido:

Maria toma banho porque sua mãe disse ela pegue a …

PROCESSO DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS

DERIVAÇÃO É o processo pelo qual palavras novas (derivadas) são formadas a partir de outras que já existem (primitivas). Podem ocorrer das seguintes maneiras: Prefixal; Sufixal; Parassintética; Regressiva; Imprópria. PREFIXAL – processo de derivação pelo qual é acrescido um prefixo a um radical. Exemplo: desfazer, inútil. Vejamos alguns prefixos latinos e gregos mais utilizados:
PREFIXO LATINO PREFIXO GREGO SIGNIFICADO EXEMPLOS PREF. LATINO PREF. GREGO Ab-, abs- Apo- Afastamento Abs ter Apo geu Ambi- Anfi- Duplicidade Ambí guo Anfí bio Bi- di- Dois pede grafo Ex- Ex- Para fora Ex ternar Êx odo Supra Epi- Acima de Supra citar Epi táfio

SUFIXAL – processo de derivação pelo qual é acrescido um sufixo a um radical. Exemplo: carrinho, livraria. Vejamos alguns sufixos latinos e alguns gregos: SUFIXO LATINO EXEMPLO SUFIXO GREGO EXEMPLO -ada Paulada -ia Geologia -eria Selvageria -ismo Catolicismo -ável Amável -ose Micose

ESTRUTURA DAS PALAVRAS

A palavra é subdivida em partes menores, chamadas de elementos mórficos ou morfemas.
Exemplo: gatinho – gat + inh + o gat=animal felino; inh=indicador de diminutivo; o=indicador de masculinoInfelizmente – in + feliz + mente
in=negação; feliz=alegre, com felicidade; mente=indicador de modo

ELEMENTOS MÓRFICOS Radical; Vogal temática; Tema; Desinência; Afixo; Vogais e consoantes de ligação. RADICAL O significado básico da palavra está contido nesse elemento; a ele são acrescentados outros elementos. Exemplo: pedra, pedreiro, pedrinha. VOGAL TEMÁTICA Tem como função preparar o radical para ser acrescido pelas desinências e também indicar a conjugação a que o verbo pertence. Exemplo: cantar, vender, partir. OBSERVAÇÃO: Nem todas as formas verbais possuem a vogal temática. Exemplo: parto (radical + desinência) TEMA É o radical com a presença da vogal temática. Exemplo: choro, canta. DESINÊNCIAS São elementos que indicam as flexões que os nomes e os verbos podem apresentar. São …

Como escrever uma crítica literária ou resenha de um livro - post de Jorge Alberto

Li o posta seguir no Recanto das palavras, blog muito bem construído e administrado por Jorge Alberto. Há muitas novidades e todas de muito boa qualidade. Parabéns, Jorge Alberto. Estou postando uma de suas traduções. "Como escrever uma crítica literária ou resenha de um livro". Boa Leitura!
A resenha ou crítica literária são tanto uma descrição ou uma avaliação de um livro. Deve concentrar-se sobre a finalidade do livro, conteúdo e credibilidade. Preliminares Antes de começar a ler, considere o seguinte: 1. Título - O que propõe?
2. Prefácio - Fornece informações importantes sobre a finalidade do autor em escrever o livro e lhe ajudará a determinar o sucesso do trabalho? 3. Índice - Diz-lhe a forma como o livro é organizado e os itens que ajudarão a determinar as principais idéias do autor e a forma como são desenvolvidos? Observar a cronologia, tópicos e outros ítens.
Leia o texto Anote as impressões sobre o que você lê e destaque passagens para evidenciar. Tenha em mente essas p…

257 dicas de redação

No site www.minhahistoria.net, José Carlos Dutra do Carmo divulga seu livro "Minha história na justiça do trabalho". Disponibiliza cometários, depoimentos e o processo de compra e entrega do livro para todo o Brasil. Mas espera lá! Para um blog sobre língua portuguesa parece não fazer sentido essa postagem... pois bem, ele dá links de suas outras obras e dentre elas "257 dicas de redação".

Na verdade são pequenos conceitos, quase sempre esquecidos, definições concisas de vários aspectos da linguagem escrita. Vale a pena consultar as "257 dicas..." também por motivos forenses, já que o autor trabalhou na Justiça do Trabalho, algumas dicas parecem ligadas a esse tipo de atividade.

Para acessar "257 dicas de Redação", clique aqui

Dicas gramaticais do Professore Gabriel Perissé

Professor Gabriel Perissé tem uma coluna no Educaterra chamada Dicas Gramaticais. Nada de macetes decoreba para vestibular. Perissé junta humor e gramática para analisar pequenas dúvidas do dia-a-dia tanto em relação a modalidade falada ou escrita da língua.

Acesse para aprender brincando e quem sabe para testar seus conhecimentos nas mais ínfimas contextualidades dessa complexa e gostosa língua portuguesa.

Para acessar as dicas gramaticais do Professore Gabriel Perissé, clique aqui!