Postagens

Mostrando postagens de 2009
Imagem
"Prestando Prova" é o blog mais completo e organizado com notícias e dicas sobre concursos públicos, especificamente na área de Direito. No campo das Leis, a Língua Portuguesa deve estar impecável e, nesse contexto, merece atenção redobrada dos estudantes de direito ou a quem aspira um concurso público.
O Blog conta com comentários de provas das principais instituições (ESAF, CESPE, etc.) uma lista satisfatória de blogs semelhantes, downloads de provas e destaque para as principais vertentes do direito.
Nota 10

Palavras com SC, e não C, Ç, S, SS

-->
-->
abscesso abscissa acrescentar acrescer, acréscimo adolescente apascentar aquiescência aquiescer ascender ascensão asceta condescendência consciência cônscio convalescer crescente crescer descendência descender descentralização descer descerrar descida discente (que aprende) discernimento disciplina(r) discípulo efervescência fascículo fascismo florescer imisção (mistura) imiscível imprescindível intumescer irascível isóscele(s) miscelânea miscigenação nascença nascer néscio obsceno onisciência oscilar, oscilação piscicultura piscina plebiscito prescindir recrudescer remanescente reminiscência renascença rescindir rescisão ressuscitar seiscentésimo seiscentos suscetível suscitar transcendência víscera

Palavras com SS, e não C, Ç

-->
Abissínia
acessível
admissão
aerossol
agressão
amassar (massa)
apressar (pressa)
argamassa
arremessar
assacar
assassinar
assear
assecla
assediar
assentar
assento (assentar)
asserção
asserto,
assertiva (afirmação)
assessor
asseverar
assíduo
assimetria
assinar
Assíria
assolar
aterrissagem
atravessar
avassalar
avesso
bússola
cassar (anular)
cassino
cessão (ato de ceder)
comissão
compasso
compressa
compromisso
concessão
condessa (fem. De conde)
confissão
cossaco
crasso
cromossomo
demissão
depressa
depressão
dessecar (secar bem)
devassar
dezesseis
dezessete
digressão
discussão
dissensão
dissertação
dissídio
dissimulação
dissipar
dissuadir
dossiê
ecossistema
eletrocussão
emissão
empossar (dar posse a)
endossar
escassear
escassez
escasso
excessivo
excesso
expressão
fissura
fosso
fracasso
gesso
grassar
idiossincrasia
imissão
impressão
imissão
impressão
ingressar
insosso
insubmissão
interesse
intromissão
macrossistema
massa
messe
messiânico
microssistema
missa
missionário
mocassim
necessidade
obsessão
opressão
pássaro
passear
passeata
passeio
pa…

Palavras com S, e não C ou SC, nem X

adensar adversário amanuense ânsia, ansiar apreensão ascensão (subida) autópsia aversão avulso balsa bolso bom-senso canhestro cansaço censo (recenseamento) compreensão compulsão condensar consecução conselheiro
(que aconselha) conselho (aviso, parecer) consenso consentâneo consertar (remendar) contra-senso contraversão controvérsia conversão convulsão Córsega defensivo defensor descenso (descida) desconsertar (desarranjar) sela (assento) semear semente senado senha sênior sensato senso série seringa sério serra seta severo Sevilha Sibéria
pensa (copa, armário) despretensão dimensão dispensa(r) dispersão dissensão distensão diversão diverso emersão espoliar estender
(mas extensão) estorno estorricar excursão expansão expensas extensão (mas estender) extorsão extrínseco falsário falso, falsidade farsa imersão impulsionar incompreensível incursão insinuar insípido insipiente (ignorante) insolação intensão (tensão) intensivo intrínseco seviciar Sicília siderurgia sigilo sigla Silésia silí…

"NÃO ERRE MAIS!" Lição do mestre Luiz Antonio Sacconi

Se o zagueiro "obstrói" a passagem do atacante, é falta.

O verbo obstruir se conjuga por atribuir, por isso não tem formas em ói, como construir e destruir.

A frase acima é de um ex-árbitro carioca que virou comentarista de futebol pela televisão. "Obstrói", sem dúvida, dói mais que uma pancada na canela...

país não comunista

Perfeito. Não há hífen entre as duas últimas palavras, como usam muitos. Por quê? Porque se trata de um adjetivo. Só os substantivos é que trazem o hífen. Repare na diferença: produto não perecível (adjetivo), o não-pagamento da dívida (substantivo); amor não correspondido (adjetivo), a não-variação de uma palavra (substantivo).

Há gigantes que adormecem e "que" não acordam.

Este que (pronome relativo) é maroto. Por que maroto? Porque não exerce nenhuma função na frase. Se o retirarmos, a frase ficará perfeita.

O que coordenado só é correto quando exerce a função de conjunção integrante, Assim, por exemplo: Eu disse que ela era francesa e q…

Narração: elementos básicos (resumo)

Imagem

Narração - Elementos

Tipos de PersonagemDesigna, no interior da prosa literária (conto, novela ou romance) e do teatro, os seres fictícios construídos à imagem e semelhança dos seres humanos: se estes são pessoas reais, aqueles são "pessoas" imaginárias, se os primeiros habitam o mundo que nos cerca, os outros movem-se no espaço arquitetado pela fantasia do prosado!: " (Dicionário de Termos Literários - M. Moisés - Ed. Cultural)
Segundo E.M. Forster, podem classificar as personagens em:
1. Planas (lineares) Constituídas de uma única idéia ou qualidade; carecem de profundidade. A personalidade delas é pobre, repetitiva; são previsíveis quanto ao seu comportamento, infensas à evolução. Jamais nos surpreenderão durante ou ao final da narrativa. Podem ser subdivididas em:
a) Tipos São personagens típicas, de contornos e características peculiares e, exatamente por isso, eternizam-se: quem se esqueceria de Sancho Pança, em D. Quixote? Comadres fofoqueiras, homossexuais, padres, nos romances, faz…

Roteiro para interpretar textos:

1.Ler atentamente todo o texto, procurando focalizar sua ideia central. 2.Interpretar as palavras desconhecidas através do contexto. 3.Reconhecer os argumentos que dão sustentação à ideia central. 4.Identificar as objeções à ideia central; 5.Sublinhar os exemplos que forem empregados como ilustração da ideia central. 6.Antes de responder às questões, ler mais de uma vez todo o texto, fazendo o mesmo com o enunciado de cada questão. 7.Evite responder “de cabeça”. Procure localizar a resposta no texto. 8.Se preferir, faça anotações à margem ou esquematize o texto. 9.Se o comando pede a ideia principal ou tema, normalmente deve situar-se no primeiro parágrafo (introdução) ou no último (conclusão). 10.Se o comando busca argumentação, deve localizar-se os parágrafos intermediários (desenvolvimento).

Erros comuns de interpretação:

EXTRAPOLAÇÃO (viagem): Ocorre quando o candidato sai do contexto, acrescentando idéias que não estão no texto, normalmente porque já conhecia o tema por uso de sua imaginação criativa.
· Portanto, é proibido viajar.
REDUÇÃO: É o oposto da extrapolação.
· Dá-se atenção apenas a um ou outro aspecto, esquecendo-se de que o texto é um conjunto de idéias.
CONTRADIÇÃO: É comum as alternativas apresentarem idéias contrárias às do texto, fazendo o candidato chegar a conclusões equivocadas, de modo a errar a questão.
· Portanto, internalize as idéias do autor e ponha-se no lugar dele.
· Só contradiga o autor se isso for solicitado no comando da questão. Exemplo: “Indique a alternativa que apresenta idéia contrária à do texto”.

Anúncios e jornais

Para quem gostava de ler as pérolas do ENEM e rir do nível lamentável de nossos estudantes, encontrei outras pérolas de pessoas (pelo menos acho) letradas. É isso mesmo. Pessoas com diploma também erram, porque não?
Leiam e divirtam-se!


Essas primeiras são do livro "Ora Direis Ouvir Asneiras"

"De ordem do Exmo. Delegado de Policia,faço saber aos senhores criminosos que andam perambulando pelas ruas que fujam com urgencia, sob pena de serem presos." (Aviso afixado na cadeia de Cabrobó - PE.)

"A vítima foi encontrada às margens do rio Sucuriú, retalhada em quatro pedaços, com os membros separados do tronco, dentro de um saco de aniagem, amarrado e atado a uma pesada pedra. Ao que tudo indica, parece afastada a hipótese de suicidio." (Relatorio de um delegado de Mato Grosso.)

"Cuidado! Tocar nesses fios provoca morte instantanea. Quem for flagrado fazendo isso será processado." (Tabuleta afixada em uma estação ferroviária.)



Essa próxima sequencia fez par…