segunda-feira, 2 de junho de 2008

Dicas de Redação - Por Cíntia Barreto

No site de Cíntia Barreto, a professora dá algumas dicas para os preocupados com a redação no vestibular. Vale a pena conferir tais dicas, pois tranquilizam o vestibulando na hora da redação.
Muita atenção e boa sorte!

Dicas
  1. Numa redação dissertativa-argumentativa, não use a 1ª pessoa do singular (Eu). Prefira usar os verbos na 3ª pessoa do singular (Compreende-se ..., percebe-se ...).
  2. Em cada parágrafo, procure elaborar de dois a três períodos. Não faça períodos longos nem curtos.
  3. Não use gírias nem provérbios.
  4. Não use etc. nem reticências.
  5. Use anáforas, catáforas, hiperônimos, hipônimos, perífrases e antonomásias para atribuir coesão a seu texto. Ao escrevermos um texto, utilizamo-nos de vários elementos de referenciação como: pronomes pessoais, possessivos, demonstrativos, indefinidos, assim como apostos, hiperônimos (palavras de idéias gerais – "instrumentos", "ferramentas", ...), hipônimos (palavras de idéias restritas – "violão", "martelo", ...), perífrases ("a Cidade Maravilhosa" para substituir, por exemplo, "Rio de Janeiro"), antonomásias ("Poeta dos Escravos" = Castro Alves) entre outros artifícios lingüísticos.
  6. Não repita palavras ou expressões. Use sinônimos.
  7. Só use exemplos que sejam de domínio público, portanto apenas aqueles que tenham saído na mídia: jornais, revistas, ...
  8. Evite estrangeirismos. Por outro lado, se for necessário, use aspas para palavras latinas, americanas ... ( condição "sine qua non" = essencial).
  9. Ao separar as sílabas, não deixe apenas uma vogal, iniciando ou terminando, uma linha. Também não termine a sílaba, mesmo que correta, deixando, em cima ou embaixo, um cacófato.